O Manifesto Diferentista

O MANIFESTO DIFERENTISTA

2018
Dominiqui Alves

A CONCEPÇÃO DO DIFERENTISMO

A IRREFUTÁVEL CRENÇA: A NATUREZA PRODUZ DIFERENÇA

A MENTIRA INDEMONSTRÁVEL DAS ERAS PASSADAS: SOMOS TODOS IGUAIS!

A ideia do diferentismo já pode ter se apresentada a você de diversas maneiras, seja por meio de observar a natureza e notar que não há igualdade; seja notando que quando um parente seu morre é muito mais doloroso para você quando um anúncio mórbido no jornal das sete; seja tentando tratar as pessoas de acordo com um padrão aceitável e ouvindo dos outros que ‘você não é bom com pessoas’; ou mesmo estudando profundamente alguma filosofia que diz que somos iguais e encontrando falhas nela. Há diversas formas de chegar até o diferentismo, e isso é sem dúvida uma das forças dessa ideia, sua crescente pluralidade de mentes e caminhos que podem te trazer até aqui, e inúmeros caminhos a se seguir se apresentam a você, uma vez que você a entenda.

Porém mesmo tendo contato com a diferença diversas vezes em sua vida, talvez nunca tenha lhe ocorrido que há uma conclusão como irei lhe mostrar agora. Imagino que isso se dê, inicialmente, por sermos levados a crer seja por conselhos dos mais velhos, seja pela mídia e autoridades, que há justiça e beleza em todos serem tratados, julgados ou punidos igualmente. Tal viés, certamente torna ridícula a potente ideia de que todos somos diferentes e que existe uma grandiosa chance de seremos infelizes se formos tratados como uma ‘massa impessoal humana’.

AS PESSOAS FORAM LIMITADAS COM A FARSA DA IGUALDADE. DESCUBRA A ILIMITADA IDÉIA DA DIFERENÇA.

O diferentismo parte de uma, das poucas verdades que consegui concluir em minha vida. A intensa verdade de que, nenhuma coisa é exatamente igual a outra. Sejam objetos inanimados, sejam seres vivos. Por exemplo: Uma moeda de 1 real, apesar de ter características físicas muitíssimo semelhantes à outra moeda de 1 real que foi feita da mesma maneira, possuindo uma estrutura feita pelo mesmo elemento da tabela periódica, não possui os exatos mesmos átomos, tampouco foi cunhada no exato mesmo tempo e lugar que a outra. O que certamente a diferencia de sua cópia física. Note que mesmo entre objetos visivelmente iguais, há diferenças.

NENHUMA COISA É EXATAMENTE IGUAL A OUTRA

Para seres vivos a diferença se torna ainda mais evidente. Seres humanos por exemplo, eliminando as ações de necessidades fisiológicas que compartilhamos (se hidratar, se alimentar), somos absurdamente diferentes.
Imagine quais ações um homem que cuida de um bar, no centro de São Paulo toma, e observe quais ações um homem cortador de cana no sertão brasileiro toma. E verá que ambos, são indiscutivelmente diferentes. Você pode alegar que o meio afeta muito o homem em questão. Mas faça o teste com gêmeos idênticos, e verá que mesmo criaturas gêmeas, com DNA igual, possuem ações e objetivos a cada dia mais diferentes no mundo da vida.

NENHUM MINUTO DA SUA VIDA, SERÁ IGUAL A OUTRO!

TUDO É ÚNICO, TUDO É NOVIDADE! ESTE É O MUNDO DA VIDA!

O diferentismo parte da base de que não há uma coisa igual a outra, tampouco momentos. Nenhum comprimento de ‘boa tarde’ da caixa do supermercado é exatamente igual ao outro. Nenhum dia que você viveu será igual a outro, nem mesmo as alegrias de hoje, garantirão as mesmas alegrias de daqui uma semana. Tudo é diferente. Aceitar essa curiosa verdade, é o princípio da ideia diferentista.

O QUE É UM DIFERENTISTA

TODAS AS COISAS SÃO INDISCUTÍVELMENTE DIFERENTES

Uma vez que você entenda essa primeira concepção da verdade diferente. Surge então uma primeira dificuldade. “Como lidar com as outras pessoas? E com a natureza? E o mundo num geral? ” Afinal, uma vez que você compreenda que tudo é diferente; e tudo que funciona para uma coisa, pode não necessariamente funcionar com outra coisa, certamente a virtude do mundo moderno de tentar trazer a igualdade, cai por terra.

NÃO HÁ PADRÕES PERFEITOS

NÃO HÁ GARANTIAS

O QUE MELHOR SE ADAPTA ÀS MUDANÇAS, ESTÁ APTO A SOBREVIVER NESTE MUNDO

O diferentista lida com este problema fugindo deste desvio de comportamento coletivo que é sugerido aos humanos viventes dos pelo menos últimos três séculos. O diferentista entende que nenhum padrão, bem definido, perfeito ou supremo se manterá para sempre. Entendido isso, o diferentista busca alterá-lo e readaptá-lo à sua própria maneira de acordo com o próprio juízo.

VOCÊ SÓ SERÁ VOCÊ, SE CONHECER E AMAR A SI PRÓPRIO

O diferentismo tende a demonstrar egocentrismo numa primeira olhada, e de fato, não há como dissociar ele completamente do egocentrismo, aliás um diferentista experiente compreende que esta definição não possui apenas significados negativos; entretanto ser diferentista é também ter mais consciência de si mesmo, é buscar se entender e tomar as melhores decisões que interferem diretamente na própria vida.

FAZER A DIFERENÇA HOJE REQUER CORAGEM

FAZER A DIFERENÇA SEMPRE REQUER RESPONSABILIDADE.

A boa notícia é que provavelmente, quase todo mundo é um diferentista e não sabe; e por não se entenderem essa possibilidade, podem se sentirem constrangidas pelos julgamentos dos demais (o que leva qualquer a um a pensar que é culpado, ou má pessoa).
Por exemplo: Se você já atravessou fora da faixa de pedestres, pois não vinham carros, é uma atitude diferentista (uma pessoa muito presa aos padrões, se acharia uma infratora por isso); Se já escolheu um amigo para receber o primeiro pedaço de bolo do seu aniversário, também é uma atitude diferentista (uma pessoa muito presa ao ideal de igualdade se sentiria extremamente mal, por demonstrar perante as outras pessoas, que quem recebeu é especial para ela). Se você se considera hipócrita por amar a igualdade, mas agir demonstrando mais alegria na diferença. Não se julgue tão mal assim. Você só estava enganado sobre seus próprios fundamentos.

VIVER A DIFERENÇA É DESAFIAR TUDO

ESPONTÂNIEDADE SUPERARÁ A COAÇÃO

Note que a tendência de ser diferentista consiste em aplicar um juízo próprio e admitir que desvios dos padrões não são de todo ruins e podem ser tomados desde que você assim julgue. Não há maldade. É simplesmente performar no mundo da vida de um jeito único, pois as situações, pessoas e absolutamente tudo que existe, é único. Ser diferentista é entender que um tratamento igualitário e atitudes padronizadas impostas ao mundo da vida, pode não ser o jeito mais sábio de lidar com este mundo.

PORQUE DIFERENTISMO

SOU NATURAL. SOU DIFERENTE

A NATUREZA SUSTENTA A DIFERENÇA

A DIFERENÇA É INCRIVELMENTE NATURAL

Recomendo o exercício mental, de imaginar em dois bebês se desenvolvendo no ventre de mães diferentes.
É interesse já notar que a natureza já imprime diferenças nestes enquanto estão se formando no ventre de suas respectivas mães. Assim como suas digitais não são iguais, tampouco seriam iguais as características de cada órgão que os mesmos possuem, ou mesmo as rugosidades de cada cérebro e as formas que os neurônios fazem as sinapses. Seria correto, que só de possuir corpos diferentes, toda a percepção sensorial de uma desses bebês será diferente do outro. A forma que a visão de um deles pode gostar mais do amarelo, a forma com que um deles sente algum desconforto físico devido a alguma desarmonia em seus órgãos no tórax. Cada criatura é desde o princípio diferente demais da outra. Mesmo entre humanos gêmeos. Seria correto assumir, que enquanto se desenvolviam, houve alguma distribuição diferente, e que não ocupavam exatamente o mesmo espaço e isto já começou a criar uma lacuna de diferença entre um ser e outro.
Após nascidos, estes bebês vivenciarão a cada dia momentos diferentes um do outro, e passarão então a decifrar o mundo de uma maneira diferente, cada um em seu lar. Serão expostos a objetos diferentes, pessoas diferentes, em momentos diferentes; e aos poucos conforme os dias se passam, esses bebes se tornarão mais e mais diferentes, sendo está diferença um produto comum da natureza.
O diferentismo se apresenta a partir de noção sofisticada das leis mais comuns da natureza. Uma vez entendido que a natureza produz seres e objetos diferentes, tentar igualar coisas é tentar lutar contra à própria natureza.

O TEMPO IMPLACÁVEL DINAMIZA AS DIFERENÇAS

HUMANOS SÃO DIFERENTES E POR ISSO NUNCA SE ENTENDERÃO PERFEITAMENTE

VOCÊ PODE GARANTIR O QUE DIZ, MAS NÃO O QUE O OUTRO ESCUTA

HUMANOS LIDAM UNS COM OS OUTROS

A SOLIDÃO NÃO ABANDONA OS HUMANOS

O resultado de lutas como esta costuma ser a lei da natureza impressa nas novas ordens montadas artificialmente pelos humanos, causando distorções e forçando um retorno ao estado natural original. O que ocasiona em uma batalha perdida desde o princípio.
Não seria incorreto aceitar que é impossível que um ser humano entenda o outro muito bem. Afinal, nenhum ser humano consegue emular perfeitamente como é ser o outro ser humano. Apesar de empatia ser uma palavra bonita, que significa se pôr no lugar do outro. A mesma é uma ilusão muito superficial para ser buscada a todo custo. Pois se que mesmo quando somos bebês de mesma idade somos irremediavelmente diferentes, não será depois que crescemos que conseguiremos entender o outro completamente.
Entenda que conhecer a si mesmo é importante dado que seu autoconhecimento será a melhor maneira de evitar conflitos com pessoas incapazes de te entender. E entenda que ninguém vai te entender, pois ninguém possui suas memórias ou percepções. É bem solitário, porém é verdade que as pessoas, não entendem as outras. Elas lidam umas com as outras. LIDAM.
A solidão é sem dúvida a companheira mais presente do diferentista que compreende a raiz da diferença dos seres humanos. Seria correto afirmar que sempre estaremos perfeitamente acompanhados de seres estranhos, perfeitos ET’s, os quais JAMAIS poderíamos vislumbrar entender.
Porém todo esse derrotismo não satisfaz qualquer humano, lidar com essas diferenças tão absurdas, é estar vivo.

AONDE MAIS O DIFERENTISMO PODE SE ADEQUAR

O DIFERENTISMO ESTÁ PRESENTE EM QUALQUER LUGAR ONDE OS DIFERENTISTA ESTÃO

A POSTURA DIFERENTE DESENCADEIA MUDANÇAS

AGIR COMO SEMPRE NÃO TRAZ NOVAS SOLUÇÕES

O diferentismo tem se adequado muito a produção artesanal. A criação de objetos sob medida, personalizados, tem sido um curioso alarme de que a igualdade e padronização não satisfazem tanto os humanos quanto o prometido.
A aplicação do diferentismo é ampla, pode influenciar em toda ação e interação humana. Conversas entre pessoas, decisões no trabalho, a concepções de leis e contratos, a produção de bens de consumo, a abordagem e discurso de vendas, no empreendedorismo.
O ideal diferentista tende a influenciar a velocidade das mudanças, para o ‘bem’ e para o ‘mal’, ‘avanços’ e ‘retrocessos’, ‘erros’ e ‘acertos’ em um curtíssimo período de tempo.
De fato, atitudes diferentes, levarão à adoção de mudanças. Imagino que com tantas formas diferentes de atingir objetivos acontecendo simultaneamente, talvez a humanidade seja levada a seus próximos níveis mais rapidamente, uma vez que consiga entender que as diferenças podem trazer soluções mais depressa que os esforços em manter padrões.

PROPOSTA DE COMPATIBILIDADE DE RESPEITO AOS HUMANOS

O DIFERENTISTA RESPEITA OS DEMAIS

O QUE VEM NATURALMENTE, DEVE IR NATURALMENTE

RESPEITO É MÚTUO. DESRESPEITO TAMBÉM.

Entenda que entender as diferenças é também entender que elas existem neste mundo por alguma, e como naturalmente surgiu, naturalmente permanecerá, até o momento de desaparecer também naturalmente. Logo, o diferentista adota o princípio de não ferir pessoas pacíficas com violência (bater, matar, agredir e etc.). Respeitando assim a diferença dos humanos pacíficos, e restringindo a ação dos humanos violentos.
É importante notar que humanos violentos, não respeitam a diferença dos outros. Agir de forma a constrange-los e minimizar seus danos é um passo em direção à preservação das diferenças.

UM FIM DIFERENTISTA

AS VONTADES E OBJETIVOS PRÓPRIOS BUSCADOS

UM MUNDO SEM IMPOSIÇÕES ARFICIAIS

UM MUNDO SEM REMORSOS

OS MOMENTOS SÃO DIFERENTES. LOGO HAVERÁ TAMBÉM UMA ERA DIFERENTE.

O fim diferentista é um mundo em que humanos se respeitam, se tratam da maneira que desejarem, e buscam satisfazer seus próprios objetivos únicos, sem quaisquer remorsos por isso.
Um mundo que rejeita a violência e que seus participantes humanos agem de acordo com sua própria vontade rejeitando imposições artificiais criadas por pessoas externas a elas. Uma utopia? Diria que não.
O mundo antes de tudo, tem seus momentos diferentes. Certamente esse grande momento virá, mais hora ou menos hora. Sinto que talvez nos adiantamos, talvez nascemos antes do tempo (ou depois).

Saúdo a você, que leu até aqui.
O mundo precisa de ideias diferentes.

Abraços, Dominiqui Alves

Vou manter uma página no Facebook para que você possa se manter atualizado dos ideais Diferentistas
Página -> Diferentismo

"Determinação herdada; os sonhos das pessoas; e o destino dessa era. Essas coisas que não podem ser detidas, enquanto as pessoas buscarem o sentido da liberdade isso jamais deixará de existir " Rei dos Piratas